Header Ads

Herói da seleção passa a noite em claro

A emoção de Luis Fabiano, por ter marcado os dois gols do Brasil e ajudado a seleção a vencer o Uruguai – 2 a 1 – no Morumbi, foi tanta que o atacante não conseguiu dormir de quarta para quinta-feira.

A imagem “http://globoesporte.globo.com/ESP/Home/foto/0,,11954903,00.jpg” contém erros e não pode ser exibida.

Após a partida, válida pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2010, o atacante saiu para jantar com amigos e familiares e depois foi para o hotel. Mas, na hora de tentar dormir, nada de sono. Na cabeça, as cenas dos seus dois chutes estufando as redes passavam como replay. Nos ouvidos, o coro de “LU-IS...FA-BI-A-NO !!!”, gritado por 65 mil vozes, ainda ecoava...

- Não consegui dormir de jeito nenhum. A adrenalina estava a mil. Eu tentava pegar no sono, mas só ficava tendo lembranças do jogo, dos gols, da comemoração, da torcida... - disse o atacante do Sevilla (ESP), no aeroporto de Cumbica, minutos antes de embarcar de volta para a Espanha.

Nesta quinta, no final da manhã, quando desistiu de tentar dormir, Luis Fabiano arrumou as suas coisas, passou numa loja de material esportivo e foi almoçar com o seu empresário. De lá, seguiu para pegar o vôo. No aeroporto, o jogador foi cercado por fãs. Segundo ele mesmo, mais de 500 pessoas pediram autógrafos e fotos para o herói do dia.

A sensação da seleção brasileira foi a grande surpresa do técnico Dunga. Convocado somente depois do corte de Afonso Alves, que se machucou, ele foi o último a ser chamado. No empate de 1 a 1 com o Peru, em Lima, entrou no segundo tempo, mas mostrou boa movimentação. Suas atuações em campo e nos treinos convenceram o treinador a escalá-lo no lugar de Vágner Love. E ele não desapontou. No Morumbi, onde se acostumou a fazer muitos gols, marcou mais dois. Os gols que agora o credenciam como dono da camisa 9 da seleção brasileira.

Fonte: globo.com
Tecnologia do Blogger.