domingo, 3 de março de 2013

Wanderlei Silva nocauteia Brian Stann no UFC Japão


Quando a música "Sandstorm" tocou na Saitama Super Arena, no Japão, o público foi ao delírio. O tema, imortalizado por Wanderlei Silva no Pride naquele mesmo ginásio, era novamente executado onde o brasileiro um dia foi rei. E o "Cachorro Louco" mostrou que não perdeu a majestade. Com uma performance memorável, no seu melhor estilo, com momentos de emoção e muita trocação, aplicou um grande nocaute sobre o americano Brian Stann aos 4m08s do segundo round, levando ao delírio os fãs que gritaram o seu nome antes, durante e depois do combate.

- Estou muito orgulhoso. Obrigado Dana White e UFC por me darem essa oportunidade de lutar aqui no Japão. Estou orgulhoso de dar isso a vocês, meus irmãos japoneses. Meu córner me disse o que eu precisava fazer. Estou feliz por fazer o meu trabalho e voltar a vencer aqui - disse o brasileiro após o combate.

Brian Stann mostrou-se respeitoso após o combate, e teceu elogios ao brasileiro.

- Eu sabia que eu corria esse risco ao lutar contra um herói no Japão, e Wanderlei sempre foi um dos meus ídolos. Estou triste, mas orgulhoso de enfrentá-lo aqui - disse o americano.

Confira os resultados do UFC Japão:

CARD PRINCIPAL
Wanderlei Silva venceu Brian Stann por nocaute aos 4m08s do segundo round
Mark Hunt venceu Stefan Struve por nocaute a 1m44s do terceiro round
Diego Sanchez venceu Takanori Gomi por decisão dividida dos juízes
Yushin Okami venceu Hector Lombard por decisão dividida dos juízes
Rani Yahya venceu Mizuto Hirota por decisão unânime dos juízes
Dong Hyun Kim venceu Siyar Bahadurzada por decisão unânime dos juízes

CARD PRELIMINAR
Brad Tavares venceu Riki Fukuda por decisão unânime dos juízes
Takeya Mizugaki venceu Bryan Caraway por decisão dividida dos juízes
Kazuki Tokudome venceu Cristiano Marcello por decisão unânime dos juízes
Alex Caceres venceu Kyung Ho Kang por decisão dividida dos juízes
Hyun Gyu Lim venceu Marcelo Guimarães por nocaute aos 4m do segundo round

fonte:globo.com