Joana: 'Adriano está muito perdido'

Musa da Escola de Samba Renascer de Jacarepaguá, a personal trainer Joana Machado, brasiliense de 28 anos, caiu em prantos quando admitiu à reportagem de O DIA que não tem mais forças para cuidar do Imperador Adriano.
“O Adriano está muito perdido. Ele precisa se encontrar, mas não tenho mais força para cuidar dele”, disse ela, na noite de ontem, ao conceder entrevista no Espaço Priscott.

Desde que o casal se separou, o atacante do Inter de Milão mergulhou em profunda depressão e praticamente “se internou” na Vila Cruzeiro, no Cmplexo da Penha, onde foi criado. Lá, ele cMarcelo Regua / Agência O DIAonvive com traficantes que conhece desde a infância, mas provoca apreensão em seus parentes.

“Fui ao morro várias vezes buscá-lo, a pedido da mãe dele, que tem medo do Caveirão”, revelou Joana.

Apesar do convívio com traficantes, ele é enfática ao garantir que o Imperador jamais fez uso de drogas.

“Adriano não toma drogas. A única droga que ele gosta é a cerveja. Mas quem não gosta de uma cervejinha?”.
O relacionamento terminou por causa das brigas do casal, que se tornaram cada vez mais constantes — especialmente por causa do excessivo ciúme do Imperador.

“A gente brigava por pequenas coisas. No início, ele era muito parceiro. Mas depois, em Milão, eu comecei a sentir saudade dos meus filhos que ficaram no Brasil”, conta Joana, revelando que é mãe de uma menina de 10 anos e de um garoto de 3.

Na hora em que se apaixonou, nem o amor pelos filhos foi capaz de superar o que sentia por Adriano.

“Foi a maior loucura que fiz por ele. Larguei meus filhos para ir morar com ele. E ele não fez nada por mim. Não teve consideração”, diz ela, lembrando a festinha que o atacante deu em sua casa nova da Barra quando voltou ao Brasil.

“Quando eu soube da festa na casa nova que nem eu conhecia ainda e ele coloca aquele monte de gente... aquela baderna com mulheres, travesti. Sempre falei que a casa da gente é sagrada, não se coloca qualquer um”.

Joana diz que chorou muito e prometeu nunca mais vê-lo.

“Não falei com ele antes e não sei se vou falar agora. Ele está muito perdido, mas não posso cuidar dele. Tenho de me dedicar aos meus filhos”.

Ainda muito apaixonada, Joana se diz muito triste com tudo que está acontecendo e fala com carinho do ex- namorado.

“Gosto dele do jeito que ele é: chato descalço.... Ele tinha tudo para ser feliz. Ele é rico, tem uma família linda. É um meninão de 27 anos. Às vezes, as pessoas se esquecem disso”, diz.

Ela não estranhou a “internação” na Vila Cruzeiro. “É lá que ele se sente uma pessoa normal. Gosta de soltar pipa, andar descalço. Lá, não tem essa de Imperador”, conta.
fonte:odia

Comentários